terça-feira, 2 de novembro de 2010

Desenhos do fantástico Milo Manara.

Um comentário:

  1. Não sou crítica de arte. Não entendo nada, mas entendo o que sinto, mesmo sem conseguir definir.
    Há nos seus trabalhos uma sutileza imensa, mesmo quando a tela pode parecer agredir ou transgredir. São leves, mas extremamente marcantes e determinantes.
    é por ai o que sinto....rsrsrsrs

    ResponderExcluir